A- A A+

História da Cidade

O município de São João do Manhuaçu foi criado sob o signo da Cruz, identificado inicialmente na conquista das terras do vale onde se situa esta divisão administração, pelos bandeirantes que por ali passaram, se transformando nos primeiros conquistadores brancos da região. Posteriormente os colonizadores que naquelas paragens se fixaram, constituindo as primeiras fazendas de Portugueses e, mais tarde a povoação que se transformou na sede do município, também trouxeram em suas bagagens o símbolo Cristão.

Os habitantes nativos da região eram os índios tupis, batizados pelos colonizadores por puris e cúrias. Esses indos se destacavam pelo forte espírito guerreiro de suas tribos, pela bravura de seus homens e pela acentuada pintura que usavam em todas as partes do corpo, principalmente no rosto, com destaque para o vermelho vivo, que podia ser visto e notado à distância.

Nos primórdios da colonização, a área que compõe o distrito era densamente coberta por uma vasta floresta, cuja a cor verde escura fazia admirar os bandeirantes, desbravadores e colonizadores que ali chegaram. Pouco a pouco as matas foram sendo abatidas, cedendo lugar aos grandes cafezais, cujas folhas igualmente verde escuras, fazem lembra a cor original da vegetação nativa.

Considerável pelos desbravadores uma região extremamente agradável, que propiciava descanso e reposição de energia àqueles que ali acampavam, em razão do bom clima, temperatura amena e tranqüilidade do lugar, a região ficou conhecida no passado como Vale da paz. O branco se faz sentir também na inspiração poética e visual dos primeiros visitantes, ao contemplar as montanhas que cercam a planície. Elas possuem uma certa regularidade nas elevações e, em suas encostas, o cenário branco se completa, no inverno pela neve e no verão pela chuva. Também os vales se cobrem de branco no inverno, como um lençol nas noites frias e nas primeiras horas das manhãs.

Muitas histórias dão conta das dificuldades e da bravura dos primeiros colonizadores que chegaram a região, dispostos a nela permanecer. Falta de recursos, doenças, dificuldades financeiras, ataques indígenas, nada disso fez esses desbravadores recuar. Eram homens de fibra, de sangue quente e aí, mais uma vez, a cor vermelha se destaca. A eles deve ser creditada a existência do povoado de São João do Manhuaçu, elevado a categoria de distrito, de acordo com o decreto nº 6.812 de 16/12/21 e instalado no dia 24/02/22 com a presença de autoridades ilustres como: Dr. Cordovil Pinto Coelho, deputado estadual, Sr. Joaquim Garcia Sobrinho, 1º Juiz de Paz, Sr. Jacob Dornelas Neto, vereador pelo distrito de Santa Margarida, Sr. Horeto de Paula Rodrigues, farmacêutico em São João do Manhuaçu, o professor aposentado Daniel Martiniano Cerqueira, a inspetora Donária de Assis Homem, Genuíno Garcia Amaral, Sr. Carlos Otoni Júnior, escrivão de paz e outras pessoas que se fizeram presentes. Sendo assim foi elevado a distrito o povoado de São João do Manhuaçu, conforme termo de audiência e instalação lavrado no cartório de Registro Civil e notas desse distrito no livro nº 1, fls de 01 a 04. Após 71 ( setenta e um) anos de dependência do distrito ao município de Manhuaçu, São João do Manhuaçu se viu emancipado pela lei 10.704, de 27 de abril de um mil novecentos e noventa de dois, assinada pelo Exmo. Sr. Governador do Estado Dr. Hélio Garcia e publicada na mesmo data no órgão oficial do Estado de Minas Gerais.

Para responder pela administração municipal foi nomeado interinamente o Intendente Dr. Paulo do Nascimento Dornelas por ato assinado pelo Sr. Governador do Estado no período de 1º de agosto de 1992 a 31 de dezembro de 1992.

No dia 1º de janeiro de 1993 a administração do município foi transferida para o Sr. José Miranda Barbosa, tendo como vice César Rodrigues Mol, compondo o legislativo os vereadores eleitos no pleito eleitoral de 03 de outubro de 1992 e recém-empossados, Senhores Altazir Cândido Garcia, Altazir Alves Teixeira, Gessimar Antônio Henrique, Camilo de Amorim, José Noel da silva, José Alves Pereira, Marcia Alves de Almeida, Raphael  Courradesqui  Gomes e Vicente Ferreira Coelho.

Em razão deste relato, colhidos dos fatos que compõem a vida histórica de São João do Manhuaçu, como se originou e se constituiu, vê-se como é rica e brilhante as páginas da história destra terra.

Entre em Contato

Rua Ver. Geraldo Garcia Malcate, 100 - CENTRO
CEP: 36918-000  |  Telefone: 33-3377 1200
E-mail:  prefeitura@saojoaodomanhuacu.mg.gov.br

São João do Manhuaçu


Prefeitura Municipal!

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta
de 08 às 16h